Jovens participam de oficinas e desenvolvem peças de comunicação




Uma das importantes atribuições do Selo Unicef é a realização das peças de comunicação que divulgam o trabalho em que os jovens participam. Muitos tipos diversos de peças podem ser elaborados, desde que sejam desenvolvidos pelos próprios jovens e divulguem eventos reais, que já aconteceram ou que vão acontecer. Na tarde da quinta-feira (19) dezenas de jovens se reuniram na Biblioteca Municipal Novos Horizontes para elaborar as primeiras.

Ministrado pela Comissão Pró – Selo a oficina consistiu em informações básicas sobre como elaborar as peças e instruções sobre notícias, no decorrer da tarde as crianças e os adolescentes desenvolveram o trabalho, gravando áudio, fotografando, filmando com câmeras digitais, desenhando, redigindo textos.

Os jovens trabalharam de acordo com os Grupos de Trabalho (GT) que integram: Esporte e Cidadania, Educação para convivência com o Semiárido e Cultura e Identidade Afro-brasileira e Indígena. Cada um elaborou pelo menos uma peça de comunicação.

Mais numeroso, o GT Cultura e Identidade Afro-brasileira e Indígena se dividiu e elaborou um cartaz e selecionou alguns jovens para gravar o áudio que circulará em carro de som, convidando a todos para o Circuito Esportivo que acontecerá na próxima quinta-feira, dia 26 de abril. Além de circular pelas ruas esse áudio será posto para transmissão na Rádio Escola que funciona no Severo Maria Eulálio.

Os jovens do Esporte e Cidadania optaram por elaborar um jornal impresso, cuja diagramação é realizada no programa Word. Já os integrantes da Educação para convivência com o Semiárido se ocuparam da realização de um grande jornal mural. Nessa peça em questão se responsabilizaram por divulgar ações que mostram as crianças visitando locais importantes do município em aulas de campo, além de atividades que vão acontecer, como o fórum e o Circuito Esportivo.

E a imprensa, é pra pegar no pé?

Depois do resultado e desempenho pífio da seleção canarinho durante a Copa 2010, depois da demissão de Dunga, mais uma vez levanta-se o já clássico questionamento "Onde termina o direito da imprensa exercer seu trabalho de fiscalização e crítica ao governo e/ou governantes. Onde começa o direito à privacidade?"

Questão polêmica e complexa.
Jornalistas, acessores de imprensa e profissionais da área de comunicação batem na mesma tecla: a de que criticar e apontar o dedo é obrigaçãso da imprensa. O profissional que não o faz está fadado ao fracasso e à frustração profissional. Todavia, do outro lado vêm à tona os mesmo argumentos de outrora, argumentos esses que, apesar de repetitivos, continuam válidos: o direito à privacidade e à intimidade garantida à todos na Carta Magna.
É uma luta sem fim, que ainda vai deixar muitos feridos no meio de todo esse embate. Ano passado o Presidente do Supremo Tribunal Federal entendeu que seria coerente a derrubada do diploma de graduação em Jornalismo para o exercício da profissão, meses depois o destempero do ex técnico Dunga ao destratar o repórter Alex Escobar, tudo isso acompanhado pelo Brasil inteiro através de jornais e tv's.
Ao que parece esse entrave entre jornalistas e detentores do poder anda longe de chegar, sequer, às vias de civilidade, talvez por isso Gilmarques de Mendonça tenha caçoado da situação com a célebre frase "A mídia vez em quando faz esparrela, porque a poesia do dia-a-dia mídia nela."

Denise Veras

A UNIÃO FAZ A FORÇA


Ontem foram realizadas as eleições para o Colegiado e o Conselho de Campos da Uespi. É muito importante que todos tenham colaborado, pois nossa universidade passa por um momento muito delicado onde decisões importantes precisam ser tomadas e a participação dos representantes de todos os cursos se faz necessária.

Esperamos que a partir disso, nossa universidade possa caminhar em busca de melhorias e soluções para os problemas já existentes.
Um comunicado importante: o presidente da Comissão de Elaboração do Regimento Interno do Conselho de Campus da UESPI de Picos, professor-mestre Leandro de Araújo Sardeiro, comunica à comunidade universitária em geral que desde ontem (19) até o dia 29 de maio, está recebendo sugestões e colaborações para a proposta inicial do Regimento, que foi elaborada pela Comissão e que irá definir o funcionamento do Conselho de Campus. Haverá três modos de entrega: através de texto entregue na sala provisória dos professores, no prédio do Junco; através de texto enviado por e-mail para o endereço: regimentointerno@yahoo.com.br e por meio de texto entregue aos coordenadores dos cursos de graduação, que deverão encaminhá-lo à comissão do regimento.
Para saber mais clique: http:// www.uespi.br. Lá você encontrará a proposta inicial do Regimento.
Fonte: www.uespi.br

A UESPI que temos não é a UESPI que queremos!!!!!!!!



Essa é a realidade. Obras paradas, equipamentos ainda dentro de caixas e as aulas... Que aulas?
Nem lugar para assistir aula temos. Um verdadeiro retrato do descaso e da falta de respeito para com os estudantes e professores dessa instituição. Será que um dia tudo isso vai mudar?
Assim como eu muita gente gostaria que sim...

Retorno das Aulas!!!

Bom, pra alegria desse blog voltou às aulas. Ele andou comentando comigo que sente falta de ter novas publicações, por isso estou aqui pra dizer:


Oi pra todo mundo e sejam bem-vindos ao retorno das aulas! Agora somos o IV Período do curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo e Relações Públicas.


PS: vejo vocês por aí. Ah, e esse provavelmente será meu último período com essa super turma. Pois é, to indo embora final do ano (vou casar!!!)

Até mais.

PS2: tô com um tal de Twitter http://twitter.com/belindajock.

Agora sim, até mais!

Ver, ouvir e refletir

video

Pras meninas que nao fizeram as inscriçoes nas oficinas, está aqui o site:



prorrogado até hoje!! (12/05)